Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Duplo Engano

Jantámos à hora de sempre, ou seja, tarde. O meu pai fugiu à regra, pois estava ver o futebol tal como a minha mãe que estava com uma das suas típicas má-disposições.

 

O jantar era coxas de frango estufadas acompanhadas de arroz. Prato que ela até confecciona bastante bem. Mas hoje detectei algo estranho. Fui tirando lasquinhas e mastigando. Mais lasquinhas e saboreando. A cor das coxas parecia-me diferente. Havia algo diferente.

 

Continuei a tirar mais lasquinhas e a comê-las, tentando adivinhar qual era aquele sabor diferente que o meu paladar estava a detectar. Mais umas mastigadelas… e, de repente, SHAZAM! Já sei! AS coxas sabem a… canela!!!

Pergunto ao meu irmão se não acha que as coxas estão diferentes. Ele responde que sim. E eu interpelo-o logo, perguntando-lhe ao que sabem… canela, responde ele! LOL!

 

Perguntámos à minha mãe se ele colocou canela nas coxas. Ela jura a pés juntos, muito indignada. Mas afinal o que puseste na coxas? Ela responde que nada de especial… só se for da cebola… ou do alho em pó!

 

Mas nem a cebola nem o alho em pó dão aquela cor ou sabor às coxas! Desconfiamos que ela se enganou e que em vez de colocar colorau, colocou canela mas não o confessou a ninguém. Tentou disfarçar mas não foi muito convincente. Ou será que está farta e quer livrar-se de nós, por isso anda a envenenar a comida?! Óptimo caso para o Sherlock Holmes.